A bicicleta

O Pastor e Professor Martin Weingaertner (Director da Faculdade de Teologia Evangélica em Curitiba), deu-nos o privilégio de partilhar uma mensagem da parte de Deus na nossa Igreja no passado domingo, 30 de Setembro.
Este excelente comunicador e amante das Escrituras partilhou connosco uma mensagem extremamente relevante e profunda usando como ilustração uma… bicicleta!

Através ensinou-nos seis lições:
1. Tal como uma bicicleta não é construída sozinha, ninguém é fruto do acaso. Somos criaturas de Deus.
2. Tal como uma bicicleta não tem equilíbrio em si mesma, o ser humano precisa do equilíbrio de Deus para vencer as tentações (I Cor.10:12,13).
3. Tal como uma bicicleta não se guia sozinha, precisamos de deixar-nos guiar por Deus.
4. Tal como uma bicicleta foi feita para atravessar caminhos estreitos, o cristão também tem um caminho estreito para atravessar, o do amor abnegado.
5. Tal como uma bicicleta recebe a força do ciclista, o cristão recebe a força do Senhor (Col.1:10,11)
6. Tal como uma bicicleta não foi feita para andar para trás, o cristão foi feito para andar para a frente não olhando para trás.

Aconselhamos todos a andarem de bicicleta para que, além do exercício, possam reflectir nesta mensagem e na sua vida como cristão.

Fotos do dia de Baptismos

Domingo de Baptismos

Este domingo, pela primeira vez nas instalações na nossa Igreja, foram realizados baptismos. Duas irmãs, a Dara de 9 anos e a Mª dos Prazeres de 92 anos, deram testemunho da sua fé em Cristo por meio do baptismo nas águas.
A nossa Igreja está por isso grata a Deus e deseja que estas duas irmãs continuem a crescer na sua fé e no seu relacionamento com Cristo.

EM MUDANÇAS.

Estamos a entrar numa época especial do ano em que mudanças acontecem de forma muito regular.
São as férias que se iniciam para muitos estudantes, e, para aqueles que já estão envolvidos no mundo do trabalho, os próximos meses também são de decisão sobre que semanas tirar para descansar um pouco. Mas as mudanças poderão ser também causadas pela chegada de novos membros para a família ou então pelo facto de se mudar de casa.
Na nossa Igreja também estamos em mudanças. Uns irmãos entram de férias, outros viajam. Uns estão envolvidos em mudanças pessoais, outros planeiam mudar. Uns ficam doentes, outros ficam restabelecidos. Uns podem ajudar e colaboram na obra do Senhor, outros nem tanto. Como vêem, estamos em mudanças.
Julgo que nestes momentos importa recordar duas coisas:
1. As mudanças requerem espírito de inter-ajuda e apoio uns pelos outros. Vamo-nos ajudar mutuamente.
2. As mudanças requerem tempo de auto-adaptação e por isso vamos ser mais tolerantes uns com os outros nesta fase.
Quaisquer que sejam os motivos das mudanças, não vamos esquecer que a maior mudança Deus quer e está a fazer nas nossas vidas individuais de modo a sermos mais parecidos com Cristo e até que Ele volte. (Fil.1:6).

Dinamizar uma liderança plural

Graças a Deus, a nossa Igreja conseguiu pagar a dívida que tinha com a aquisição das novas instalações. O casal Barnard respondeu-nos dizendo: “Devo dizer que foi algo que Deus tinha possibilitado e foi um prazer para nós usar aquele dinheiro para ajudar-vos numa época em que estavam a necessitar duma ajudinha. Dêem graças a Deus. Sheila e Cliff”
Em pouco mais de ano e meio levantámos cerca de 9000 euros. Muito obrigado a todos os irmãos e amigos que contribuíram tão generosamente. Que o Senhor vos recompense e vos ajude a continuarem a contribuir para o crescimento da Sua obra em SAC.

De facto, chegou o momento para vos desafiar a orarem e participarem no atingir de um outro alvo: Dinamizar uma liderança plural na nossa Igreja. Este alvo já foi definido pela nossa Igreja há vários anos tendo a Igreja aprovado recentemente dois objectivos a atingir:
1) Criar uma equipa de liderança funcional aos propósitos e contexto da nossa Igreja
2) Sustentar mensalmente um pastor/obreiro(a) a tempo parcial ou semi-parcial.

Quanto ao primeiro objectivo, podemos dizer que temos presentemente a funcionar uma equipe de liderança (a direcção da Igreja) que tem dirigido o ministério na nossa Igreja. Este ministério tem sido possível, graças a um trabalho de equipa, no qual muito irmãos têm colaborado com sacrifício e amor, usando os seus dons e talentos. No entanto, muito mais há a fazer, para o qual é necessário obreiros com mais tempo disponível para se dedicarem ao ministério pastoral. Por isto, sabemos que chegou o momento de começarmos a pensar em concretizar o segundo objectivo. Um pastor/obreiro não deverá ser considerado como o servo de Deus que irá fazer todo o trabalho ou dirigir todos os ministérios da Igreja. Sabemos que cada crente é um sacerdote do Deus Altíssimo e por isso falamos em liderança plural. Aliás, como Igreja Baptista que somos, seguimos um modelo de Igreja regido por um governo no qual cada crente tem direito a expor a sua opinião dentro de um saudável espírito cristão.

No entanto, é conveniente que se designe alguém, escolhido por Deus, para guiar a nossa Igreja a um maior crescimento e uma maior intimidade com Deus. Deverá ser alguém que se dedique principalmente ao ministério pastoral e à comunicação da Palavra viva de Deus para transformação de mais vidas. Para isso, é preciso que seja alguém que o Espírito Santo chame até nós.
Além disto, para que este servo de Deus cumpre a sua missão fielmente, deverá ter direito a ser sustentado adequadamente. É aqui que também entra a responsabilidade de cada crente, de cada membro desta Igreja. Em primeiro lugar, cada um de nós deve devolver ao Senhor uma parte do que o Senhor lhe dá. Cada um de nós deve contribuir alegremente e voluntariamente com os seus dízimos e ofertas para o sustento da obra de Deus. Em segundo lugar, cada um de nós deve orar para que o Senhor dirija a nossa Igreja no processo de encontrar esse servo de Deus, ou mesmo um casal de pastores, que esteja disposto a servir o Senhor em SAC. Como vêem, o trabalho não terminou. Cada um de vós, faça a sua parte: Ame e Sirva sob autoridade do Senhor!

VM

Dia da Mãe


Foi mais um dia especial na nossa Igreja. Tivémos também entre nós a presença da irmã Bertina Tomé que partilhou a Palavra de Deus para além das lindas participações das crianças e adolescentes homenageando as mães. Graças a Deus por elas.

Convívio à chuva

No passado dia 1 de Maio, feriado, a nossa Igreja tinha planeado um retiro no parque de manutenção de SAC. Infelizmente o tempo chuvoso assustou os mais tímidos, pelo que apenas alguns irmãos estiveram presentes. Mas, de qualquer modo para quem esteve presente foi um tempo de descanso e descontracção bastante bom.
Certamente que da próxima vez, mais estarão presentes.

Uma Páscoa Especial

Tivémos na 6ª feira Santa, no sábado e no Domingo de Páscoa, tempos muito abençoados na casa de Deus.

Na 6ªF, foi a oportunidade de "experimentarmos" uma ceia de páscoa, parecida com a celebrada pelos judeus. Do pão sem fermento (matza) às ervas amargas, foi uma noite especial, "regada" também com cânticos.



No sábado houve a classe de discipulado, na qual o uso dos dons foi o tema de aprendizagem.


O domingo, começou pelas 8 horas da manhã, com um culto de celebração ao Senhor pela Sua ressurreição. Apesar das ameaças de chuva e do frio, conseguimos passar um bom tempo debaixo de uma árvore.

Depois de um rico pequeno almoço em conjunto, houve tempo para um profundo estudo dominical sobre a temática da ressureição. Seguiu-se um pequeno intervalo, importante para desenvolver a comunhão e para culminar este dia, o culto especial de páscoa, celebrando também a Ceia do Senhor.
Hoje foi Dia de Salvação. A Páscoa é isso mesmo!

Proximas Actividades

Domingo, 1 de Abril:
10h30 - EBD (Estudo em 1ªPedro 3:1-12)
11h30 - Culto (Domingo de Ramos)

2ªF., 2 de Abril - Dia de Oração Contínua

Sábado, 7 de Abril:
16h30 - Classe de Discipulado (Usando os dons)
18h - Reunião e Ensaios dos Jovens


Domingo, 8 de Abril:
7h(?) - Culto de Ressurreição
9h - Pequeno Almoço Comunitário (a confirmar)
10h30 - EBD
11h30 - Culto de Páscoa

Dia dos Pais

No dia 25 de Março a nossa Igreja prestou uma simbólica homenagem aos pais. Este dia foi também um oportunidade para todos ouvirmos acerca de qual o tipo de amor que os pais devem demonstrar aos seus filhos.


Obrigado à Iolanda pelo coordenação de todo o programa e pelas crianças e adolescentes que participaram.

19 anos

No domingo passado, dia 25 de Fevereiro, a nossa Igreja comemorou 19 anos de existência formal.
Damos graças a Deus pelo trabalho realizado e estamos ansiosos pelo que Deus irá fazer entre nós nos próximos anos.

"Os céus proclamam a glória de Deus, e o firmamento anuncia as obras das suas mãos."

Salmos 19:1

Música Gospel

Loading...